Post Page Advertisement [Top]

Heróis da Fruta

36 mil candidatos a «Heróis da Fruta»

A segunda edição do projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» desenvolvido pela APCOI – Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil – entra hoje, 16 de Outubro de 2012, Dia Mundial da Alimentação, na sua segunda fase. Esta nova etapa inclui um programa de intervenção motivacional de 12 semanas consecutivas com o objetivo de incentivar as crianças a reconhecer a importância da ingestão diária de fruta na sua saúde, além de as motivar para adotar definitivamente esse hábito alimentar. No ano letivo anterior, a primeira edição deste projeto registou um aumento de 26% em relação ao consumo de fruta reportado pelos alunos antes da intervenção, contrariando a atual estatística nacional deste consumo que é de apenas 2% para crianças até aos 10 anos, segundo estudos recentes da Organização Mundial de Saúde.

O arranque oficial da 2ª edição do projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» foi assinalado hoje com uma visita da APCOI à Escola Básica Nº1 da Abóboda, uma das vencedoras da primeira edição e contou com a presença de Ricardo Carriço, ator e embaixador desta associação sem fins lucrativos, da apresentadora Rita Ferro Rodrigues e de Sara uma das concorrentes do programa televisivo “Toca a Mexer”. Serão abrangidos por esta iniciativa 36.254 alunos, 2.058 turmas de 786 jardins de infância e escolas básicas do 1º ciclo, públicas e privadas, de todo o país, incluindo as regiões autónomas da Madeira e dos Açores.

Qual é a mecânica do projeto?
De 16 de Outubro de 2012 a 25 de Janeiro de 2013, os professores e educadores expõem na sala de aula o «Quadro de Mérito dos Heróis – Hoje Comi Fruta», onde diariamente os alunos assinalam uma estrela sempre que ingerirem fruta ao lanche, como forma de recompensa imediata pelo comportamento correto.

Além disso, durante as doze semanas de intervenção, as crianças vão aprender os seis mandamentos dos heróis da fruta que terão de praticar diariamente merecerem esse título: comer fruta na quantidade certa (pelo menos 3 porções de fruta por dia), comer fruta de todas as cores, comer fruta de todas as formas, comer preferencialmente fruta da época, saber de onde vem a fruta e preferir a fruta nacional e de origem biológica e finalmente, usar os poderes da fruta para melhorar o futuro daqueles que os rodeiam.

Finalmente, os candidatos terão que escrever a letra e interpretar em vídeo o seu «Hino da Fruta» que ficará disponível para votação do público de 4 de Fevereiro até dia 10 de Março de 2013, no endereço www.heroisdafruta.com. Os três hinos mais votados de cada distrito serão finalistas, num total de 60 que serão posteriormente avaliados pelo Júri que irá decidir quem são os 3 (três) vencedores a nível nacional. Este ano, o Júri vai ainda poder escolher diretamente o 4º vencedor, entre todos os «hinos» que não tenham obtido votos suficientes para chegarem a finalistas.

A segunda edição dos «Heróis da Fruta» terá algumas novidades e prémios

As turmas participantes habilitam-se a receber diversos prémios: será atribuído a todas as crianças um prémio de participação que consiste na oferta de uma inscrição para a «3ª Corrida da Criança» a realizar em 2013; serão atribuídas condecorações individuais aos alunos dos 60 estabelecimentos de ensino finalistas na tarefa «Hino da Fruta»; os 4 (quatro) vencedores vão receber no seu recinto escolar um espetáculo lúdico pedagógico interativo, onde animadores e mascotes infantis vão ensinar as crianças a confecionar receitas com fruta, bem como aproveitar para rever alguns dos temas incluídos na 1ª edição do projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» através de jogos educativos.

Uma das novidades é a maior variedade de bases musicais disponibilizadas para a criação dos hinos da fruta. Outra novidade é o sistema de televoto para a eleição dos 60 finalistas, uma vez que o telefone é um método mais abrangente e universal do que a Internet e por isso vai permitir a votação de todos os familiares, incluindo aqueles que não conseguiram fazê-lo pela Internet na 1º edição.

As 4 (quatro) escolas vencedoras serão visitadas em Junho de 2013. As restantes escolas participantes vão receber uma visita “virtual” da equipa de voluntários APCOI, através de um vídeo de agradecimento que será enviado para cada turma.

Todos os professores e educadores que coordenarem a participação de pelo menos uma turma, terão
direito a frequentar gratuitamente o workshop “Nutrição e Sucesso Escolar”, a realizar por videoconferência
em data a confirmar.

Ricardo Carriço, ator e embaixador da APCOI que esteve presente neste arranque oficial afirma que «O meu papel enquanto agente cultural também passa por despertar consciências e canalizar o público para causas que sejam realmente importantes. E haverá algo mais importante do que a saúde das crianças? Temos de envolver os pais, professores e toda a comunidade na missão de ensinar às crianças quais são as escolhas, que promovem mais saúde, e bem estar e desta forma evitar que no futuro, outras crianças venham a ser afetadas por este problema de saúde pública. Se cada um de nós acreditar que pode melhorar o que está à sua volta, as coisas acontecem».

CALENDÁRIO DA 2ªEDIÇÃO DO PROJETO: «HERÓIS DA FRUTA - LANCHE ESCOLAR SAUDÁVEL»

1ª Fase – 1 de Setembro a 12 de Outubro de 2012: período para inscrição das turmas/escolas/agrupamentos
2ª Fase – 16 de Outubro de 2012 a 25 de Janeiro de 2013: período de intervenção motivacional
3ª Fase – 28 de Janeiro a 1 de Fevereiro de 2013: período para envio dos dados e dos trabalhos
4ª Fase – 4 de Fevereiro a 10 de Março de 2013: votação e seleção dos 60 hinos finalistas
5ª Fase – 7 de Abril de 2013, Dia Mundial da Saúde: revelação dos 4 hinos vencedores
6ª Fase – 1 de Junho a 30 de Junho de 2013: roadshow pelas escolas dos 4 hinos vencedores

 

Os números da primeira edição do projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável»
A primeira edição do projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» que decorreu no ano letivo anterior, 2011/2012, conseguiu envolver no total 27.094 alunos de 1377 turmas de 546 jardins-de-infância e escolas básicas do 1º ciclo. Os dados reportados pelas crianças participantes permitiram concluir que, em média, cada criança ingeriu 23 porções de fruta, ao longo de 6 semanas consecutivas de intervenção motivacional. No final da primeira edição, verificou-se um aumento efetivo de 26% no consumo diário de fruta, em relação ao consumo reportado antes da intervenção.

Bottom Ad [Post Page]